Portugal e Campanha do Pé Diabético

Não estranhe a imagem e a ortografia porque se trata de uma campanha de esclarecimento feito em Portugal, que é o país da Europa com mais amputações de pé, em consequência de complicações do diabetes.

Para tentar conscientizar e melhorar esse quadro a Sociedade Portuguesa de Diabetologia (SPD) está promovendo durante o mês de agosto uma campanha digital para a prevenção do pé diabético.

Com o verão na Europa, a tendência é andar com os pés mais expostos e o perigo aumenta para quem tem diabetes. O presidente da SPD, João Raposo, explica que o pé diabético tem números altos em Portugal. “Somos dos países da Europa com mais pessoas com diabetes e com o mais alto número de casos de pé diabético e de amputações. Esta taxa alta revela que na cadeia de cuidados nesta área temos muito que melhorar”.

A campanha pretende sensibilizar a população em geral com alertas para algumas medidas de prevenção e também de formação dos profissionais de saúde.

Mas o que é o pé diabético? É um conjunto de alterações que aparecem no pé como consequência da diabetes e estão relacionadas com alterações da sensibilidade e da vascularização.

No Brasil, várias campanhas têm sido feitas ao longo do tempo, porque a prevenção tem praticamente custo zero, no início. Para isso, basta que os pés sejam examinados para detectar problemas, que podem não ter sido percebidos pelo paciente. Ajude seu médico e converse com ele caso veja qualquer alteração.

Alguns cuidados, começando por manter a glicemia controlada.

  • exame diário dos pés pelo próprio paciente;
  • uso de sapatos confortáveis e com meias para proteção dos pés;
  • lixar, em vez de cortar as unhas dos pés, e não retirar as cutículas das unhas;
  • não retirar calos com lixas, pedra pomes ou alicates;
  • usar hidratantes nos pés diariamente menos entre os dedos;
  • não andar descalço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *