I Workshop Diabetes para Jornalistas e Influenciadores

Nos dias 17 e 18 de agosto aconteceu, em São Paulo, o I Workshop Diabetes para Jornalistas e Influenciadores. Estivemos presentes participando do evento e trazemos os principais destaques.

O Workshop, que foi organizado e coordenado pela Associação Diabetes Brasil – ADJ, reuniu profissionais de mídias relacionadas à saúde, blogueiros e influenciadores digitais que tem algum tipo de relação com a doença e especialistas médicos. O objetivo era apresentar dados e informações sobre o diabetes, indicando fontes confiáveis de pesquisa e consulta, para que o trabalho desenvolvido e divulgado através das redes sociais seja reconhecido e identificado como correto.

A coordenação do evento foi de Vanessa Pirolo, jornalista da ADJ, e Sheila Vasconcellos, jornalista da Revista EmDiabetes e vice-presidente da ADILA – Associação dos Diabéticos da Lagoa. Vale destacar que ambas convivem com o diabetes tipo 1 há alguns anos e, também, são ativistas pela causa do diabetes.

Cada Dia para um Grupo

No primeiro dia, o Workshop foi voltado somente para jornalistas; no segundo, reuniu influenciadores digitais de todo o país. Um evento como esse representa a oportunidade de troca de conhecimento e vivências para todos, sejam pessoas com diabetes, profissionais de saúde, médicos, comunicadores e familiares de alguém com diabetes.

Quem convive de alguma forma com a condição, sabe que os cuidados vão muito além de seguir o tratamento corretamente. Insulinas e glicosímetros são a base para o bom controle glicêmico, mas outros fatores como alimentação, a prática de exercícios e a educação em diabetes são fundamentais. Porém, a realidade é que muitos ainda não têm acesso à informações e tratamentos adequados. Por isso a importância de jornalistas e influenciadores usarem seus espaços com sabedoria e responsabilidade.

A Dra. Denise Franco, endocrinologista, comentou sobre o momento do diagnóstico, no qual o paciente muitas vezes não reconhece os sintomas que já se apresentavam e são surpreendidos. Com pouco tempo de consulta, ele acaba não absorvendo o que é dito em relação ao tratamento, ao entendimento acerca do seu diagnóstico e aos cuidados necessários.

workshop diabetes

Estas questões, aliadas ao medo e ao estigma que rondam o diabetes e impactam na adesão ao tratamento, acabam levando as pessoas com diabetes a acreditar em matérias duvidosas e sensacionalistas. Em um momento de negação, encontrar na internet uma ‘solução milagrosa’ que promete a cura para o diabetes pode ser tentador.

Como colocado pela Dra. Hermelinda Pedrosa, endocrinologista e presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes  (SBD), “os tratamentos e parâmetros de controle devem ser sempre individualizados. Alguns outros fatores devem ser considerados, além do diagnóstico quando se estabelece o tratamento, tais como a idade do pacientes, se têm outras condições de saúde que precisam de atenção, etc”.

workshop diabetes

O diabetes já foi considerado como fatal e hoje tem o status de doença crônica. A Dra. Denise aponta dois marcos no tratamento das pessoas com diabetes: os análogos de insulina (sejam de ação lenta ou rápida) e os sensores de monitorização contínua.

Por mais que seja uma condição de saúde que ainda não tem cura, com acesso ao tratamento, aos médicos e especialistas de saúde e com educação em diabetes é passível de controle.

As Associações

Atualmente as Associações de Diabetes em todo o Brasil representam segurança e acesso para muitas pessoas que convivem com o diabetes, sejam diagnosticadas, cuidadores e/ou familiares. De acordo com Vanessa Pirolo, além de proporcionar atendimentos multidisciplinares, as Associações têm o papel de orientar os pacientes em tratamento, auxiliar na formação de profissionais de saúde visando melhor atendimento às pessoas com diabetes e agir na busca da melhoria das políticas públicas, com vistas a garantir que todos tenham acesso à atendimentos médicos, insumos e medicamentos.

Gilberto Casanova, presidente da ADJ (que também tem diabetes tipo 1, tendo sido diagnosticado há 40 anos), enfatizou:

“As pessoas com diabetes, na maioria das vezes, não passam quatro horas por ano com um especialista. Vocês – mídia e influenciadores – acabam sendo os canais de informação a que essas pessoas recorrem”.

Sem dúvida a parceria entre jornalistas, influenciadores e especialistas em diabetes pode beneficiar cada vez mais pessoas que convivem com a condição.

workshop diabetes

 

 

workshop diabetes

One thought on “I Workshop Diabetes para Jornalistas e Influenciadores

  1. Excelente matéria.
    Vale a pena destacar especial atenção ao papel dos blogueiros e formadores de opinião que podem sim transformar a forma de educar-se um dia ético .
    Parabéns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *