Nove Conselhos sobre os Transtornos Alimentares

O que são os Transtornos Alimentares (TA)? São comportamentos alimentares alterados que afetam a saúde física e psicológica do indivíduo e que são classificados no Manual de Doenças Psiquiátricas (DSM-IV e DSM-V) como Anorexia Nervosa (AN), Bulimia Nervosa (BN), Transtorno da Compulsão Alimentar (TCA) e Transtornos Alimentares não especificados (TANES). A faixa etária mais atingida é na pré adolescência e adolescência.

No Dia Mundial de Alerta para os Transtornos Alimentares, 2 de junho, foram realizadas no Rio de Janeiro, como o “Vencendo o estigma dos Transtornos Alimentares – Uma conversa entre profissionais, pacientes e famílias”, organizado pela Dr. Claudia Pieper e a Dra. Simone Freitas (coordenadora do CETTAO – Clínica de Estudos e Tratamento em Transtornos Alimentares e Obesidade), na Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro. O evento aconteceu no dia 5 de junho, reunindo 140 pessoas que compartilharam relatos sobre a condição, conheceram casos de superação e acompanharam as orientações médicas.

Vejam os nove conselhos para identificar quem tem transtornos alimentares:

  1. Você não pode dizer apenas olhando para uma pessoa se ela tem ou não um Transtorno Alimentar.
  2. As famílias não são culpadas.
  3. As família podem ser as melhores aliadas para o tratamento.
  4. Os Transtornos Alimentares não ocorrem por escolha, mas são doenças mentais muito graves e biologicamente influenciadas.
  5. Os Transtornos Alimentares afetam pessoas de todas as idades, sexo, raça, etnia, orientação sexuaa e condição sócio econômica.
  6. Os Transtornos Alimentares levam tanto a um maior risco de suicídio, bem como as complicações físicas e médicas.
  7. Os genes desempenham um papel nos Transtornos Alimentares, mas também o ambiente influencia o seu desenvolvimento.
  8. Os genes não determinam o destino quando se trata de Transtornos Alimentares.
  9. A recuperação completa é possível nos Transtornos Alimentares.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *