O Havaí e a ameaça de bomba

Falamos nas últimas edições sobre o Prêmio Bakken Invitation, promovido pela Fundação Medtronic, que reconhece pessoas que usam tecnologia em saúde e que que se dedicam ao trabalho voluntário.  Durante o recente evento de celebração pelo 5º aniversário do prêmio, que aconteceu entre os dias 10 e 14 de janeiro de 2018, tivemos a oportunidade de viver momentos de tensão, pesar e também de reflexão sobre o significado da vida.

Nunca pensei que teria a experiência de viver num dia a expectativa de ter somente 15 minutos de vida. Assim que o gerente do resort em que estávamos hospedados comunicou o alerta referente a um ataque de míssil em direção ao Havai, todos ficaram muito abalados.

Eu comecei a comer o café da manhã vorazmente e depois comecei a chorar. (reação que até agora não entendo). Em seguida, liguei para meus filhos e disse que os amava. Quando iria ligar para meus pais, a notícia de que era um alarme falso já tinha sido anunciado. Pensei que tudo acabaria naquele momento, como num filme. Mas não acabou. Percebemos que o conceito de FAMÍLIA- OHANA, que vínhamos falando durante a reunião de pessoas tão especiais de todo o mundo, é o mais importante.

Em outro momento, ainda no Havaí, recebemos a informação sobre a morte de Tom Okello, da África do Sul, que recebeu o prêmio em 2016. Ele fora convidado a voltar ao Havaí para palestrar sobre seu trabalho de educação sobre  prevenção de problemas cardíacos nas comunidades de seu país. Após o prêmio, ele continuou fazendo um grande trabalho voluntário e foi reconhecido novamente por isso também. Eu estava muito ansiosa para  revê-lo e compartilhar histórias e experiências sobre nossa jornada desde que nos conhecemos. Não foi possível. Acredito que ele esteja bem e torcendo por todos nós.  Certamente nos encontraremos novamente um dia. Mahalo Tom!

por Sheila Vasconcellos

Ameaça de míssil e o fim iminente nos faz refletir sobre o que realmente importa na vida. Felizmente foi um alarme falso.

 

 

 

 

 

 

 

 

Tom Okello foi um dos premiados em 2015 e esteve comigo no Havaí em janeiro de 2016. Tive a oportunidade de conhecer sua força e alegria de viver. Infelizmente recebemos a notícia de sua morte logo no primeiro dia do evento.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *